as

 

 

Welcome to Present Tense | profile | hi5 profile | msn address | e-mail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

terça-feira, abril 28, 2009

home #4

E eis que cheguei ao primeiro impasse na divertida tarefa de montar móveis IKEA.

Contexto: montagem de cómoda!
Problema 1: duas ferragens diferentes que servem perfeitamente no mesmo sítio.
Problema 2: instruções pouco explícitas.
Solução provisória: esperar pela ajuda de amanhã; duas cabeças pensam melhor que uma só!

domingo, abril 26, 2009

espessuras

(conversa escutada há pouco, quando descia a minha rua e me cruzava com duas novas vizinhas)

Vizinha 1: Ai, eu gosto dos mais delgados.
Vizinha 2: Oh vizinha, olhe que o do meu marido é dos grossos.

Só fiquei sem saber a que substantivo se referiam as senhoras...

sábado, abril 25, 2009

home #3

E já tenho cama (e colchão e respectiva protecção e almofadas). Fiquei contente com a aquisição.
Na cozinha faltam pequenos utensílios que só o uso da casa revelará a sua necessidade. Ontem, com um mini-jantar inaugural das refeições lá em casa (não foi inauguração, atenção!) acrescentei mais umas coisinhas à lista de compras. E na segunda à tarde lá vou eu, mais uma vez, em peregrinação àquela mega loja cujo nome começa por "i" e termina em "a". Conseguem adivinhar qual?

quinta-feira, abril 23, 2009

é desta matéria...


Amália Hoje - A Gaivota

... que mais música em Portugal devia ser feita! Música e vídeo soberbos.

Thanks D., pela dica! :)

frase do dia (de ontem)

Do not answer, it's Derek Smeath!
Rebecca Bloomwood (Confessions of a Shopaholic)

segunda-feira, abril 20, 2009

fds: moda, dança, baloiços e museus estranhos

Sábado
Manhã: ida a Lisboa para compras (já há talheres lá em casa!);
Tarde: passada na minha casa em arrumações e lavagens;
Noite1: a minha estreia como júri num concurso de moda;
Noite 2: rumo a Lisboa para fazer algo que há muito não fazia: dançar. Grande noite, J!

Domingo
Manhã: dormir, pois claro;
Tarde/Noite1: após almoço, rumo a Palmela para um passeio que incluiu um regresso à infância, com baloiços à mistura, lanche, descoberta de um museu bem catita, de ruas com nomes curiosos e uma boa conversa até às tantas;
Noite 2: acordo para a realidade e percebo que a semana está aí. MEDO!

sexta-feira, abril 17, 2009

home #2

Precisa-se de ajuda para virar ao contrário uma mesa da cozinha acabada de montar. Garanto a qualidade de montagem (a bolha que tenho na mão direita [ou será esquerda?] é disso uma boa prova).

quarta-feira, abril 15, 2009

para grandes males...



... grandes remédios!

E vivam as carências afectivas. E as borbulhas, também!

terça-feira, abril 14, 2009

música para viciar #30



Empire of the Sun - We Are The People

Adoro a música e as cores do vídeo.

domingo, abril 12, 2009

e já agora...

(só naquela de manter o blog actualizado quanto a datas festivas)

... Boa Páscoa para todos! :)

segunda-feira, abril 06, 2009

uma canção para...

... me irritar!

Não entendo, a sério que não entendo, o porquê da existência de programas como o "Uma Canção para Ti". Pronto, se calhar até entendo. A ideia de explorar o filão dos pais que fazem das crianças uns macaquinhos é, sem dúvida, fenomenal do ponto de vista das audiências. Os putos querem aparecer porque na escola vão ser um sucesso. Os pais projectam nos filhos aquilo que nunca foram porque, no seu tempo, só entrava na TV quem efectivamente tinha algum valor artístico.

Para ajudar à festa, há agora uma mania de dar ao público o poder de voto. Ok, eu entendo mais uma vez. Um verdadeiro júri, dotado de conhecimentos musicais, desclassificaria todos os participantes, facto que poderia causar amargos de boca à estação de Queluz. Além disso, como é moda neste tipo de programas, ganha sempre quem berra mais ou quem chora. Como o público se comove com isso, esquecendo se a música foi bem ou mal interpretada (porque nada entende do ofício), é ouro sobre azul. Ganha não quem canta bem, mas quem mais comove.

Agora um pouco mais a sério. Acho de uma violência atroz a forma como os adultos (sim, os próprios pais) expõem os seus filhos, alguns deles muito novos mesmo, a um ambiente altamente competitivo. Será que já alguém pensou nos efeitos secundários que este tipo de pressão pode causar numa criança?

Minha sugestão: deixem-se de tretas, metam os putos a ter aulas de canto a sério e, caso sejam efectivamente bons, que brilhem!

o mundo seria melhor sem...

...

- O regresso dos Xutos & Pontapés às edições discográficas;
- As crianças aos berros na TVI todos os domingos à noite (já não bastava ser domingo à noite!);
- A insistência do Rui Reininho em manter-se activo musicalmente.

sexta-feira, abril 03, 2009

mental note #3

Nunca mais ir ao IKEA com uma t-shirt amarela!

quinta-feira, abril 02, 2009

ainda o desafio...

Não consigo perceber (ou talvez não queira) a razão pela qual nem uma pessoa indicou como falsa a frase "já marquei a mão da minha irmã com um ferro quase em brasa"...

Caramba, terei um aspecto assim tão violento-maquiavélico!? humpf!